quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Ai, se arrependimento matasse...

Ai, se arrependimento matasse...



 ...eu não teria nem nascido!

Quem já não ouviu ou falou essa frase em algum momento da vida?

O fato é que o arrependimento não mata, muito pelo contrário ele te trás a sabedoria de ter reconhecido algo que fez de errado, ou deixou de fazer em alguma ocasião.

De um ponto de vista cristão, o arrependimento, trás a vida. Sim, a vida eterna; quem se arrepende verdadeiramente de coração, e não volta a fazer aquilo o que se arrependeu apresenta uma atitude honrosa perante a Deus.

Não deixe de acertar o alvo por causa de um coração duro, que não se arrepende quando faz algo errado; volte atrás, concerte o erro, peça perdão mesmo quando tem certeza que está certo, quebre barreiras com o arrependimento. Arrependa-se!

“O Senhor arrependeu-se de ter criado o homem na terra, teve o coração ferido de íntima dor. Exterminarei da superfície da terra o homem que criei, e com ele os animais, os répteis e as aves dos céus, porque eu me arrependo de os haver criado.” 

Gênesis 6:6, 7


suezoribeiro ,


2 comentários:

Suka Mangueira disse...

Gostei :)

Nó na garganta disse...

Eu nunca havia olhado por este ângulo Suezo... o arrependimento tráz a vida, tráz crescimento e sabedoria. Por iss cabe a nós fazermos as escolhas corretas e não voltarmos a errar da mesma forma, só assim o arrependimento é verdadeiro e tem efeito. Excelente texto! (como sempre!)

Postar um comentário