segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Nos versos que estão os versos em questão


Nos versos que estão os versos em questão


Hoje, resolvi acordar do lado errado da cama
Não para dizer que o dia será ruim, contudo, diferente
Que um novo rumo pode ser tomado, sem precisar trocar a condução
Não só para ser contrário a rotina, mas, torná-la mais interessante

Descobri que escrever é falar comigo mesmo
É a mente mostrando aos olhos, o que os olhos veem e não entendem
É implorar a mão que escreve, que aja segundo as teses
Escrever é descrever toda a minha pouca experiência de vida em algumas linhas

Lembrei que não sou poeta, mas os versos se adaptam melhor a minha cantiga
Ora como uma rima, ora uma cláusula ou pixação no muro da esquina
Palavras podem sim mudar o mundo, não o Planeta Terra,
Mas, aquele mundo particular de cada um que nos cerca

A cada verso pode nascer uma filosofia
Em cada filosofia pode haver um verso
Deus criou um livro para mostrar que me ama
Porque eu acreditaria em alguém dizendo o inverso?



suezoribeiro ,

6 comentários:

Descanso da Alma disse...

"Descobri que escrever é falar comigo mesmo
É a mente mostrando aos olhos, o que os olhos veem e não entendem
É implorar a mão que escreve, que aja segundo as teses
Escrever é descrever toda a minha pouca experiência de vida em algumas linhas"

Se isso não é coisa de poeta, não sei mais o que é.

Lindo, perfeito.

Espero amanhã acordar do lado errado da cama também.

Jota disse...

Demais! Adorei...

Algumas palavras eram exatamente o que eu pensei hj e não tive inteligência pra escrever! kkkkkkkk

bri_senedez disse...

muito bom suezoo, seus textos estão cada vez melhor,
cada vez mais expresivos... e vejo que muita gente se identifica!
muito bom mesmo... parabés!

Gustavo Ferreira disse...

Muito bom, mesmo. Dá até vontade de acordar só pra ver de que lado da cama eu estou.

Fran Miciano disse...

Afinal há um lugar de descanço e [...]sem trocar a condução[...]

Loh Novais disse...

Nossa muito bom... Realmente *-*

Postar um comentário