terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Quero fazer dos dias imprevisíveis a minha rotina


Quero fazer dos dias imprevisíveis a minha rotina.



Não quero fazer nenhum percentual imaginário, ou fictício. Mas quantas pessoas garantem que detestam a ‘rotina’?

Fazer coisas costumeiras, sempre executadas de igual forma, estar sempre nos mesmos lugares, dizer as mesmas coisas; isso tudo são características da temida ROTINA.

Pessoas que nunca saem de uma ‘rotina previsível’, acabam se tornando chatas e monótonas, nunca tem nada de novo a contar; dificilmente tem grandes experiências a serem registradas em suas vidas.

Aquela famosa expressão: “De casa pro trabalho, do trabalho pra casa.” Se faz real na vida de muita gente infelizmente. Pessoas que não se divertem, com amigos, família; ou que não viajam; que não vão a eventos, teatros, parques; que não quebram a maçante rotina; acabam sendo pessoas intoleráveis, sem assunto; e porque não (às vezes) vítimas de depressão. Sim, eu disse depressão! Ao contrário do que muitos pensam, não é só uma ‘frescura’, ou doença que se hospeda em pessoas teoricamente tristes; mas sim em pessoas ‘rotineiras’.

Troque o caminho de volta pra casa, faça uma viagem repentina, use uma roupa diferente, ouça um estilo de musica que não seja o seu predileto; não precisa ser todos os dias assim, mas de tempo em tempo faça-o, marque na agenda aleatoriamente ( pra não ter que virar compromisso).




Surpreenda-se com você mesmo a cada manhã.




“Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo. 2 Coríntios 5:17”





suezoribeiro ,




4 comentários:

Nó na garganta disse...

Sábias palavras Suezooo!!! Quebrar a rotina, nem que seja com pequenas coisas, pode mudar a nossa vida, torna-la muito mais interessante para nós mesmos, o que nos torna mais interessantes pra quem convive conosco!

Descanso da Alma disse...

Muito bom, a vida tem que ser uma surpresa contínua. Algo com que possamos nos acrescentar e ver que caminhamos à frente, mais alguns km.

Paz e bem

Juliano Bastos de Oliveira disse...

Cara não sei de onde vc tira esses pensamentos... Mas sou seu fã, vc sabe disso. E eu concordo com vc, não podemos nos acostumar com nosso dia a dia rotineiro, e sim buscar crescimento e novos conhecimentos. Muito bom seu post parabéns.

Jander disse...

Parabéns Suezo,

Postar um comentário